Pular para o conteúdo principal

Nissan segue sua rota de eletrificação no Brasil com o LEAF 2023, mais concessionárias e parcerias

Sandro Souza | 04/10/2022 | 09:22h

- Com a adição de mais pontos, modelo é encontrado em 51 lojas de 18 estados, cobrindo todas as regiões do país

- Modelo 2023 do 100% elétrico japonês apresenta novidades no design e equipamentos

- Com parceiros, Nissan está instalando uma rede privada de eletropostos com carregadores rápidos na região Sul


Rio de Janeiro – Firme em seu objetivo de levar a eletrificação a mais e mais brasileiros, a Nissan segue avançando tendo como base os pilares do seu plano de eletrificação no país. Assim, juntamente com o início das vendas do seu 100% elétrico Nissan LEAF 2023, a marca japonesa também amplia o número de concessionárias homologadas para vender o modelo e está instalando com parceiros uma rota de carregadores rápidos no Sul do Brasil.

Quando anunciou em julho de 2021 a segunda fase do seu plano de eletrificação no mercado brasileiro, a Nissan explicou seus quatro pilares, que têm pavimentado o seu caminho:

Ampliar a rede de concessionárias no Brasil
Ajudar a desmistificar os elétricos no país
Contribuir com a infraestrutura de recarga

Desenvolver novas parcerias para permitir que o Brasil desenvolva conhecimento e tecnologia de carros elétricos/eletrificados

Desde então, e superando os objetivos anunciados na época, a marca segue na expansão de sua rede de lojas homologadas para vender o Nissan LEAF. A meta era chegar a 44 concessionárias em 15 estados mais o Distrito Federal. Agora, já são 51 lojas, localizadas em 18 estados, além de na região da Capital Federal. Assim, a Nissan atende às cinco regiões do Brasil com o seu veículo com emissão zero.

A ampliação da rede dá suporte a chegada do Nissan LEAF 2023, que apresenta um design renovado e novos equipamentos, que o deixam ainda mais diferenciado. O modelo está disponível também para quem preferir alugá-lo por meio do serviço de assinatura Nissan MOVE, que oferece tranquilidade, liberdade e facilidade de contratação, tudo em uma jornada 100% online. É mais uma opção para o cliente e também uma maneira de disponibilizar o carro elétrico para mais pessoas.

A Nissan, porém, vai muito além de comercializar o automóvel 100% elétrico no Brasil, quer estar presente no ciclo completo da eletrificação no país. Tanto que, juntamente com Movida, Rede de Postos SIM e Zletric, está em fase de implantação da Rota Sul.

O projeto visa contribuir com a mobilidade elétrica disponibilizando infraestrutura de recarga no Brasil e estabelecendo parcerias com empresas que também tenham foco na eletrificação. A Rota Sul é primeira rede privada de eletropostos com carregadores rápidos interligando as capitais e cidades importantes da Região Sul. Estão sendo instalados nove pontos com carregadores. Com a iniciativa, será possível sair de São Paulo (SP) e ir até Punta del Este, no Uruguai, com a segurança de que terá carregadores rápidos para carros elétricos a cada 200 km.

"A Nissan é uma pioneira mundial e nacional quando se fala em carros 100% elétricos. Temos orgulho de oferecer no país um dos maiores sucessos globais, o Nissan LEAF, agora em seu modelo 2023, com mais novidades, e também de trabalhar junto com nossa rede no ciclo completo da eletrificação. Para isso, seguimos aumentando o número de lojas preparadas para vender e, principalmente, atender e introduzir os clientes nesse novo universo da mobilidade, além de atuar com parceiros para desenvolver o ecossistema necessário para a evolução dos veículos elétricos no Brasil", afirma Rodolfo Possuelo, diretor de Comercial da Nissan do Brasil.

Veja quais cidades e estados oferecem o Nissan LEAF

Alagoas
Maceió (*)

Amapá
Macapá

Amazonas
Manaus

Bahia
Salvador
Vitória da Conquista (*)

Ceará
Fortaleza

Distrito Federal
Brasília

Espírito Santo
Cachoeiro de Itapemirim

Mato Grosso
Cuiabá
Rondonópolis
Sinop

Minas Gerais
Belo Horizonte

Goiás
Goiânia

Pará
Belém

Paraná
Curitiba
Foz do Iguaçu
Maringá (*)
Toledo (*)

Pernambuco
Recife (2 lojas)

Piauí
Teresina (*)

Rio de Janeiro
Macaé
Niterói
Rio de Janeiro (2 lojas)

Rio Grande do Sul
Caxias do Sul
Osório (*)
Passo Fundo (*)
Porto Alegre

Rio Grande do Norte
Mossoró (*)

Santa Catarina
Araranguá
Florianópolis

São Paulo
Assis
Campinas
Cotia
Guarujá
Itú (*)
Ribeirão Preto (2)
Santo André
São José dos Campos
São Paulo (7)
Votuporanga

*Novas cidades dessa expansão

Nissan LEAF

Lançada no final de julho, a linha 2023 do 100% elétrico da Nissan diferencia-se pela aparência frontal, que inclui novos formato de grade e para-choque dianteiro. O estilo dos faróis também foi revisto e agora conta com acabamento interno preto (anteriormente era cromado). As rodas de liga leve aro 17 de cinco raios trazem novo design, ousado e agressivo. O modelo também estreia o novo logotipo da Nissan, posicionado na grade dianteira, na tampa do porta-malas, no centro das rodas e no volante.

Para aumentar o conforto e a segurança, o Nissan LEAF também ganhou sistema de áudio Bose, marca premium de som automotivo. Outra novidade é o retrovisor interno inteligente, uma tecnologia que faz com que as imagens da traseira do veículo sejam reproduzidas no retrovisor interno (tela de LCD) de forma clara, sem pontos cegos ou interferência dos apoios de cabeça do banco traseiro, por exemplo.

O sistema de recarga localizado na parte frontal do veículo também é novo. Além da ChadeMo, para carga rápida, o Nissan LEAF vem agora com entrada tipo 2, o padrão europeu, de sete pinos, mais comum nos pontos de recarga no Brasil.

Com informações: Nissan News

Quer saber mais sobre como comprar carros com consórcio? É só mandar um e-mail para info@dtpdata.com

Consultoria, Representação e Negócios
Financiamento | Home Equity | Consórcio
E-mail: info@dtpdata.com
Fone: +55(11)4399-3797 | Móbile/Whatsapp: +55(11)94197-6228
Mídias sociais: @dtpdata

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porta-chaves (LockBox). Uma boa solução desenvolvida pelo QuintoAndar

Sandro Souza | 25/07/2021 | 20:56 Para ajudar a acelerar o processo de aluguel do seu imóvel, o QuintoAndar desenvolveu uma caixinha para suas chaves ficarem sempre disponíveis para corretores e visitantes. Legal né? Essa caixinha é ideal para imóveis em que as chaves não podem ficar na portaria e/ou para donos de imóveis que não querem/podem acompanhar as visitas. É importante frisar que essa facilidade não está disponível para casas (mesmo que localizadas em condomínios) e somente está disponível para algumas modalidades de imóveis, conforme abaixo: Apartamentos com portaria (não se aplica a portarias digitais ou eletrônicas); Apartamentos com ou sem mobília; Apartamentos em que não há ninguém morando. Para instalar é super simples: basta encaixá-la na porta, preferencialmente no canto superior, como mostra o vídeo acima. Após instalada é só deixar uma cópia da chave do imóvel no interior da caixinha, e trancá-la em seguida. Somente os parceiros credenciados têm a chave para acessá

Você sabe como receber o seu dinheiro do Google AdSense?

Sandro Souza | 24/07/2021 | 14:40 O número de profissões vinculadas ao ambiente on-line não para de crescer. Junto com essa onda, as oportunidades de monetizar a produção de conteúdo também são notáveis. Criadores de conteúdo digital, YouTubers, Bloggers, Influenciadores e donos de sites podem conseguir quantias consideráveis por meio do Google AdSense , um recurso do Google que monetiza páginas, sites ou blogs que permitem anúncios.  Na prática, os produtores de conteúdo podem liberar a veiculação de anúncios de outras marcas em suas páginas. Conforme os leitores clicam nos banners, um valor pago pelo Google AdSense. É como se os criadores de conteúdo digital estivessem alugando um espaço do seu site para que o Google insira os anúncios dele. Em troca, o Google AdSense repassa ao dono do site ou blogueiro afiliado um percentual do valor pago pelo anunciante. O serviço se tornou uma fonte de renda para muitas pessoas que produzem conteúdo na internet. Para se ter uma ideia de valores

Como receber heranças e doações do exterior

De tudo um pouco | 14/08/2021 | 18:24 Os processos de recebimento de heranças e doações vindas do exterior podem ser trabalhosos e, muitas vezes, demorados. Confira a seguir os principais pontos que devem ser observados para recebimento de heranças e doações do exterior. 1- Legislação e tributação Em março de 2021, o Supremo Tribunal Federal (STF) pacificou o conflito entre contribuintes e estados, determinando que o Distrito Federal e os estados não possuem competência legislativa para instituir a cobrança do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) nas hipóteses de doações e heranças instituídas no exterior e que a cobrança é condicionada à edição de lei complementar nacional. Na prática, a decisão gera uma economia aos herdeiros brasileiros, domiciliados no Brasil, que deixarão de pagar o ITCMD. Apesar da tributação sobre heranças no Brasil ser bastante reduzida frente a outros países -- nos EUA o imposto pode chegar a 45%, por exemplo -- essa decisão do STF pod